Anuncie Aqui - Local 01

Canadá proíbe exportação de vários medicamentos aos Estados Unidos

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 28/11/2020 às 20:31:43
Na segunda-feira (30), entra em vigor uma reforma elaborada por Donald Trump para permitir a importação de medicamentos a fim de baixar os preços nos EUA. O governo canadense anunciou neste sábado (28) a proibição de exportar vários medicamentos aos Estados Unidos, incluindo os usados para tratar a covid-19, se estas vendas provocarem ou agravarem uma escassez no Canadá.

Esta proibição ocorre pouco antes da entrada em vigor, na segunda-feira (30), de uma reforma impulsionada por Donald Trump nos Estados Unidos para permitir a importação de medicamentos a fim de baixar os preços em seu país.

Isto permitirá em particular aos farmacêuticos e atacadistas importar a granel certos medicamentos prescritos, destinados ao mercado canadense, explicou o Ministério da Saúde canadense em um comunicado.

Esta medida "recebeu um apoio significativo de parte de estados dos Estados Unidos e qualquer adoção por parte da indústria exacerbaria o problema atual de escassez de medicamentos no Canadá", acrescentou.

Ministra da Saúde do Canadá, Patty Hajdu, fala ao parlamento

Reuters

"Nosso sistema de saúde é um símbolo da nossa identidade nacional e pretendemos protegê-lo", disse Patty Hajdu, ministra da Saúde do Canadá, ao anunciar a adoção do decreto.

O Canadá é um mercado pequeno, que representa 2% das vendas de medicamentos no mundo, em comparação com 44% dos Estados Unidos.

No entanto, o país obtém 68% de seus medicamentos no exterior, segundo o ministério.

Desde 2017, quase metade (44%) dos medicamentos vendidos no Canadá escassearam "ao menos uma vez", destacou o Health Canada.

A pandemia de Covid-19 aumentou a demanda por alguns medicamentos, o que dificulta ainda mais a manutenção do abastecimento segundo a necessidade.

Maior cidade do Canadá volta ao confinamento na segunda-feira

A ordem executiva cobre todos os medicamentos que podem entrar a granel nos Estados Unidos, assim como todos os que são usados no tratamento da covid-19, produtos biológicos e substâncias controladas.

A proibição se aplica a empresas farmacêuticas, atacadistas e distribuidores autorizados para vender no Canadá.

Estas empresas também terão que fornecer informações ao ministério para que possa avaliar o risco de escassez no Canadá.

Fonte: G1

Comunicar erro
Paraiba de Premios

Comentários

Anuncie Aqui - Local 03