homem que morreu depois de ser atropelado no fim da tarde desta terça-feira (10) na BR-230, em Campina Grande, foi identificado como Edivaldo Monteiro da Silva, de 33 anos. De acordo com o Hospital de Trauma, ele tinha sido atropelado mais cedo no Centro da cidade e atendido na unidade de saúde, depois fugiu do hospital sem ter recebido alta médica e foi atropelado novamente.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), pessoas informaram que viram o homem saindo do hospital instantes antes. O segundo acidente aconteceu por volta das 17h50, no trecho que liga a Avenida Floriano Peixoto à saída para o Sertão, próximo à sede do Instituto de Polícia Científica (IPC).

A suspeita da PRF é de que um carro de passeio tenha atingido a vítima. O veículo envolvido no segundo acidente não foi identificado, nem o motorista, que fugiu do local. Chovia no momento do atropelamento.

Até a manhã desta quarta-feira (11), as informações da PRF são de que o motorista ainda não foi localizado.

 

Da redação – G1PB
redacao@conceicaoverdade.com.br

Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Conceição Verdade, não refletem a opinião deste Portal de Notícias.

Acompanhe mais notícias do Conceição Verdade nas redes sociais:
Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Entre em contato com a redação do Portal Conceição Verdade:
Telefone: (83) 99932-4468
WhatsApp: (83) 98180-8883
E-mail: redacao@conceicaoverdade.com.br