Anuncie Aqui - Local 01

CMJP aprova projeto de Renato Martins que suspende desconto de consignados

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 22/05/2020 às 12:19:28

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) aprovou, por unanimidade, projeto do vereador Renato Martins (Avante), que suspende o desconto dos empréstimos consignados feito nos contra-cheques dos servidores municipais durante a vigência da pandemia do novo coronavírus. A iniciativa também contempla os servidores da própria Câmara.

O Projeto de Lei (PL) 1.785/2020, de autoria de Renato Martins (Avante), dispõe sobre a suspensão, durante o período de pandemia, dos descontos em folha de pagamento referente aos empréstimos realizados por servidores públicos municipais. A ideia é que, com a interrupção dos descontos, garanta-se o mínimo de segurança econômica aos servidores municipais, além de fazer com que a economia local tenha mais uma forma de oxigenação, diante da suspensão das atividades comerciais.

A matéria foi aprovada com emenda do vereador Milanez Neto (PV), possibilitando ao servidor público a escolha, via solicitação por documentos escritos, digitais e assinatura eletrônica, de aderir ou não à suspensão.

"Com esse PL, Renato Martins enxergou a segurança econômica e social dos servidores públicos. Isso não é uma anistia, é uma suspensão temporária dos descontos. Isso é lutar pelos consumidores e fazer a segurança social", afirmou o vereador Helton Renê (Republicanos).

"A emenda de Milanez foi importante porque dá o poder de escolha aos servidores públicos. Há os que não têm o desejo de interromper seu desconto em folha de pagamento, seja por estar finalizando suas prestações ou por outros motivos", complementou o vereador Durval Ferreira (PL).

"A Câmara é pioneira, se antecedendo à Justiça, ao entender a situação e conceder esse benefício", acrescentou João Almeida (Solidariedade).

"A CMJP faz História, pois somos a primeira Câmara municipal entre as Capitais do Brasil a aprovar essa iniciativa. Atestamos que temos como garantir mais proteção social a servidores públicos e aposentados, que vão poder contar com uma parte a mais de seus salários durante essa situação de calamidade pública. Os bancos não perdem em nada e a economia só tem a ganhar. Isolamento social com proteção social pode ser o caminho para dias melhores", observou o vereador Renato Martins.

Fonte: Paraíba Já

Tags:   Política
Comunicar erro
Paraiba de Premios
Anuncie Aqui - Local 03