Esportes São Paulo

São Paulo faz seu pior jogo com Zubeldía e empata com Barcelona pela Libertadores

O São Paulo ficou no empate sem gols com o Barcelona de Guayaquil, nesta quinta-feira (16), no MorumBis, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Por PCV Comunicação e Marketing Digital

17/05/2024 às 00:17:02 - Atualizado há

O São Paulo ficou no empate sem gols com o Barcelona de Guayaquil, nesta quinta-feira (16), no MorumBis, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Foi a pior partida da equipe tricolor sob o comando do técnico Luis Zubeldía, que fez seu sétimo jogo como técnico são-paulino. Ansioso e com jogadores mal tecnicamente, os donos da casa não foram capazes de encontrar alternativas e confundiram objetividade com pressa.

Em campo, a equipe tricolor parecia predestinada a imprimir o mesmo ritmo dos últimos jogos e obter o mesmo resultado. No entanto, o tempo se tornou inimigo dos mandantes. Se contra um dos piores times da Libertadores houve tamanha dificuldade, não há como esperar um desempenho melhor contra o líder Talleres na sexta rodada.

No Grupo B, o São Paulo permanece na segunda colocação, com 10 pontos. O argentino Talleres está em primeiro, com 13. Ainda assim, a equipe paulista precisa de uma vitória simples para terminar na liderança da chave. O Barcelona fica em terceiro, com três, e o Cobresal, do Chile, é o lanterna, com um ponto.

O próximo compromisso tricolor está agendado para quinta-feira, dia 23, às 21h30, no MorumBis. O adversário é o paraense Águia de Marabá, no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Pela Libertadores, o duelo, em casa, com o Talleres acontece no dia 29, também às 21h30.

O São Paulo não teve medo de se colocar inteiramente no ataque desde o princípio do jogo. O time tricolor estava disposto a inaugurar o marcador cedo e conseguir uma vitória tranquila em casa. No entanto, o tempo foi correndo, e os comandados de Zubeldía não abriram o placar na velocidade que gostariam.

O Barcelona, por sua vez, não tinha qualquer perspectiva de atacar. Foram raras as descidas ao ataque no primeiro tempo. Eliminado da Libertadores, a única aspiração da equipe de Guayaquil é conquistar um lugar na Sul-Americana. Mas até mesmo para essa disputa o confronto decisivo será na última rodada, quando recebe o lanterna Cobresal.

A ansiedade pesou contra o São Paulo. O insucesso na estratégia inicial deixou os atletas aflitos em campo. Dessa forma, a equipe parou de progredir e criar chances de perigo e viu o primeiro tempo se encerrar com o placar zerado.

O São Paulo voltou do intervalo com a mesma postura do tempo anterior. Dominando a partida, finalmente chegou perto de marcar o primeiro, em cabeçada de Galoppo, quase aos 10 minutos. Logo depois, Igor Vinícius cometeu uma grave falta sobre Rojas, que saiu de campo carregado. O são-paulino recebeu apenas o amarelo

A situação deixou o Barcelona mais à vontade no jogo. Os equatorianos acumularam bons lances e levaram muito perigo para Rafael. Zubeldía promoveu a entrada de Lucas Moura, recuperado de lesão, e Juan nos lugares de Galoppo e André Silva. Ainda assim, os visitantes continuaram melhores.

Impedido, Luciano chegou a marcar e sequer comemorou. Lucas foi quem mais tentou no São Paulo, mas o jogo ficou aberto. O zero, porém, persistiu e o jogo terminou sem gols.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Jovem PAN
Comunicar erro
Portal Conceição Verdade

© 2024 Todos os direitos reservados ao Grupo PCV Comunicação e Marketing Digital
REDAÇÃO: 83-9.9932-4468

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Conceição Verdade