Anuncie Aqui - Local 01

UTI"s de Patos começam a aumentar ocupação e equipes de Saúde alertam para risco de novo surto de Covid-19.

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 14/01/2022 às 14:19:58

A reportagem do Patosonline.com ouviu o médico Dr. Pedro Augusto Timóteo, que é um dos responsáveis pelo setor Covid-19 do Complexo Hospitalar de Patos. Dr. Pedro fez uma análise detalhada sobre a atual situação de casos e ocupação de leitos na unidade e alertou a população para os cuidados.

De acordo com o médico, as vacinas não garantem 100% de eficácia contra a doença, o que significa que pessoas ainda que vacinadas podem morrer vítimas de Covid-19. Isso serve de alerta para que os cuidados básicos sejam mantidos.

"Nas últimas duas semanas, principalmente com agravamento na última semana, nós tivemos uma ocupação importante de leitos em pacientes nas enfermarias, sintomáticos respiratórios e também nas UTIs. Houve um óbito de um paciente jovem, com 55 anos, sem comorbidades e com esquema vacinal completo, o que gera uma preocupação com relação à população. Mas uma das coisas das publicações científicas e estudos em relação à vacina, ela não prometeu curas, nem prometeu que estaríamos livres da infecção e também não prometeu 100% de eficácia contra as doenças graves", analisou o responsável pela Ala COVID-19.

Algumas alas de UTI do Complexo de Patos estão 100% lotadas e outras registram ocupação alta, mas com algumas vagas ainda disponíveis. O hospital já se prepara para um cenário de maior gravidade no crescimento de número de casos.

"Em um ambiente de 100 pessoas, duas, três ou cinco delas terão sintomas mais graves e uma ou outro terá sintomas com gravidade importante e necessidade de internação. No nosso hospital, a ocupação tem sido importante, mas o mês de janeiro começou com o agravamento dessa situação epidemiológica. Nós estamos tendo que reorganizar leitos, principalmente de Terapia Intensiva para pacientes mais graves. Uma de nossas UTI"s está 100% ocupada e em outro temos leitos disponíveis", esclareceu.

Ouça a explicação de Dr. Augusto Timóteo na íntegra abaixo: CLIQUE PARA OUVIR

Fonte: Patosonline.com

Comunicar erro
Anuncie Aqui

Comentários

Anuncie Aqui - Local 03