Anuncie Aqui - Local 01

Famílias retiradas da comunidade Dubai, em João Pessoa, não têm prazo para deixar escolas

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 24/11/2021 às 18:45:01
Auxílio moradia depende da regulamenta√ß√£o da documenta√ß√£o dos moradores. Reuni√£o discutiu a situa√ß√£o das pessoas que foram retiradas da comunidade, que est√£o abrigadas em escolas. Na ocasi√£o, diversas propostas foram divulgadas, todas sem datas determinadas.

Felícia Arbex - TV Cabo Branco

Uma reuni√£o para buscar solu√ß√Ķes de assistência aos moradores após a desocupa√ß√£o da comunidade Dubai aconteceu na tarde desta quinta-feira (24). O encontro ocorreu no Fórum Cível de Jo√£o Pessoa e foi promovido pelo juiz Antônio Carneiro. Na ocasi√£o, diversas propostas foram divulgadas, mas sem datas definidas. N√£o existe uma previs√£o, por exemplo, de até quando as pessoas v√£o ficar nas escolas.

Se reuniram representantes municipais e estaduais das for√ßas de seguran√ßa que atuaram na desocupa√ß√£o, representantes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a secret√°ria de habita√ß√£o da capital, Socorro Gadelha, além de cinco ex-moradores da comunidade Dubai, enviados pelas famílias para participar das discuss√Ķes.

Durante a reuni√£o, as principais dúvidas dos moradores eram relacionadas às condi√ß√Ķes de moradia a partir de agora. Ficou definido que, para conceder o auxílio para que novas casas sejam alugadas, é preciso que todos tenham documenta√ß√£o regular. Muitos moradores que foram desocupados n√£o possuem carteira de identidade, para sanar o problema. Por isso ficou acordado que ser√° feito um mutir√£o de documenta√ß√£o.

Quanto a principal preocupa√ß√£o, sobre o prazo para que as famílias sejam reintegradas a uma moradia, o juiz afirmou que n√£o é possível precisar uma data. Disse, ainda, que as etapas burocr√°ticas quanto a documenta√ß√£o para concess√£o dos auxílios precisam ser cumpridas.

Foi apresentada, ainda, uma possibilidade de curso de capacita√ß√£o por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Para o trato da saúde, diante das possibilidades dos casos de Covid-19 se agravarem por causa do alojamento prec√°rio, a chefe de imuniza√ß√£o da SMS, Aline Grisi, garantiu dar continuidade às testagens e às aplica√ß√Ķes de vacinas, com o intuito de regularizar o calend√°rio vacinal dos moradores.

Em rela√ß√£o às necessidades emergenciais enquanto os moradores est√£o abrigados em escolas de Jo√£o Pessoa, ficou definido que ser√£o oferecidas duas refei√ß√Ķes ao dia e que agentes de seguran√ßa far√£o a guarda dos locais. Segundo o que ficou acordado na reuni√£o, as movimenta√ß√Ķes devem ter início a partir da quinta-feira (25).

Entenda a desocupação

A comunidade Dubai I, localizada na zona sul de Jo√£o Pessoa, foi desocupada na ter√ßa-feira (23). Constru√ß√Ķes erguidas no local foram demolidas. A opera√ß√£o, realizada pela Polícia Militar e o Ministério Público, teve início após uma decis√£o judicial que atendeu ao pedido da prefeitura.

O local fica em uma √°rea de preserva√ß√£o ambiental, com 15 hectares da mata atl√Ęntica remanescente do país. Segundo a PM, para construir moradias irregulares, as pessoas devastaram grande parte da mata, com a derrubada de √°rvores e queimadas, cometendo assim crime ambiental e extinguindo diversas espécies da flora e fauna.

Ainda de acordo com a PM, mais de 400 famílias ocupavam a √°rea. Pelo menos 600 policiais militares participaram da a√ß√£o, além de profissionais de outros órg√£os.

Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

Fonte: G1/PB

Comunicar erro
Paraiba de Premios

Coment√°rios

Anuncie Aqui - Local 03