Anuncie Aqui - Local 01

BR 361, Santa Inês-PB à divisa de Pernambuco: buracos, lama e poeira. Três faces de uma mesma estrada

É um clamor de todos para que o Governo do Estado da Paraíba faça o asfalto deste pequeno trecho, que traria inúmeros benefícios para os Vale do Piancó, de modo especial para Santa Inês e Conceição, bem como para a região de Cajazeiras.

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 15/04/2020 às 23:34:44

À pedido dos moradores, caminhoneiros, pipeiros e motociclista, a TV O VALE esteve vendo com os próprios a triste realidade que vive todos os dias cerca de 200 carros, que todos os dias transitam pela BR 361, liga a cidade de Santa Inês, no alto sertão da Paraíba, com a divisa do estado de Pernambuco, mais precisamente ao Município de São José do Belmonte.

Os proprietários dos veículos, relatam que no período da seca, ou da estiagem eles sofrem com a enorme quantidade de poeira, pedras e buracos neste pequeno trecho de apenas 10km sem asfalto que liga os dois municípios. Já no período invernoso o problema é lama, os atoleiros, a crateras que surgem com as chuvas, trazendo enormes prejuízos e transtornos para os caminhoneiros, pipeiros, carros de passeio e motos.

Os moradores da região relatam que por dia passam mais de 100 carros pipas por esta estrada, trazendo água da cidade de São José do Belmonte para abastecer diversas cidades do Vale do Piancó, até mesmo Bonito de Santa Fé e Monte Horebe.

É um clamor de todos para que o Governo do Estado da Paraíba faça o asfalto deste pequeno trecho, que traria inúmeros benefícios para os Vale do Piancó, de modo especial para Santa Inês e Conceição, bem como para a região de Cajazeiras.

Na verdade, a construção do asfalto da BR 361 iria possibilitar a interligação da região do Vale do Pajéu, de modo especial da cidade de Serra Talhada e Salgueiro com o Vale do Piancó, o Vale do Alto Piranhas, e porque não dizer com o Vale das Espinharas, ou seja, a região de Patos.

Para que se ter uma ideia, os caminhões que vem de Petrolina, região de grande produção de frutas e verduras, para o Vale do Piancó ou região de Cajazeiras e Patos, tem de fazer um enorme arrodeio para chegar aos seus destinos. Os que vão para região de Patos têm que descer a Serra de Teixeira. Os que vão para região de Cajazeiras e Vale do Piancó, tem de seguir em direção a cidade de Milagres, no Ceara. Com a construção deste asfalto, iria se diminuir as distancias e com isto os custos das mercadorias.

Há poucos anos atrás foi feito o asfalto da cidade de Conceição até Santa Inês. Foi prometido que em breve seriam feitos os 10km entre Santa Inês e a divisa do vizinho estado de Pernambuco. Mas parece que tudo não passou de promessas vazias de campanhas politicas para mais uma vez enganar o povo e pegar os votos de quem acredita nas promessas dos políticos que por aqui aparecem somente no período eleitoral.

Os proprietários dos veículos também aproveitaram para cobrar do Governo do Estado de Pernambuco a recuperação do asfalto da divisa da Paraíba com a cidade de São José do Belmonte. Segundo eles, está uma verdadeira tábua de pirulito. Estes até falaram que volta e meia o Prefeito da cidade de Santa Inês passa a máquina na estrada, uma vez perdida, e cobra que a Prefeitura tire as máquinas das garagens e as coloquem a serviço da recuperação desta estrada por onde passam centenas de carros e motos todos os dias.

Estivemos nos local para verificar de perto tudo. Conversamos com motoristas e usuários desta estrada e trazemos para você ver com seus próprios olhos aquilo que estamos falando. Acompanhe a reportagem de Fidelis Mangueira, com imagens de Frank Edson.


Fonte: Fideles Mangueira | Conceição Verdade

Comunicar erro
Paraiba de Premios
Anuncie Aqui - Local 03