Anuncie Aqui - Local 01

Homens mortos nesse s√°bado (19) eram de quadrilha interestadual de assalto a bancos, diz PMPB

Por PCV Comunicação e Marketing Digital em 20/09/2020 às 14:46:01
Coronel respons√°vel pela opera√ß√£o explica que o cerco durou quatro dias e que os ladr√Ķes usaram armamento pesado contra os policiais militares. Seis suspeitos de explos√£o a banco s√£o mortos em confronto e armas s√£o apreendidas, no Sert√£o da PB

Beto Silva/TV Paraíba

Os seis homens mortos nesse s√°bado (19) durante uma opera√ß√£o policial no Sert√£o paraibano faziam parte de uma "quadrilha interestadual de alta periculosidade" que atuava em Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Cear√° e Bahia e que era especializada em assaltos a agências banc√°rias. A informa√ß√£o é do coronel Francisco Campos, comandante do Policiamento Regional 2 da Polícia Militar da Paraíba, que deu detalhes sobre a opera√ß√£o iniciada ainda na quarta-feira (16).

Seis suspeitos de explos√£o à agência banc√°ria s√£o mortos pela Polícia, no Sert√£o da PB

O bando tinha explodido uma agência banc√°ria no município de Coremas, no interior paraibano, e desde ent√£o estava sendo perseguido pelos policiais. O coronel disse que se tratava de um grupo fortemente armado, com fuzis autom√°ticos e espingardas calibre 12.

Ainda de acordo com o coronel, houve dois confrontos. Um primeiro, registrado logo no início da opera√ß√£o, aconteceu nas proximidades do município de Emas. Nesse primeiro, os ladr√Ķes conseguiram fugir. As persegui√ß√Ķes, contudo, prosseguiram.

"Foram quatro dias de cerco ininterrupto que terminou num confronto direto com os bandidos", explicou o coronel Francisco Campos, destacando ainda que a a√ß√£o contou com um grande contingente policial, incluindo aí apoio aéreo e policiais especializados em opera√ß√Ķes em √°rea de Caatinga.

Entre os homens mortos, j√° foram identificados paraibanos, pernambucanos e potiguares. O coronel diz que, em meio ao cerco, eles conseguiram identificar o local exato onde os bandidos estavam. Ele relata que os policiais deram voz de pris√£o, mas os ladr√Ķes responderam com agressividade, usando armamento pesado contra a polícia.

Ainda de acordo com o comandante, os ladr√Ķes foram baleados e rapidamente encaminhados ao Hospital Regional de Patos, mas n√£o resistiram aos ferimentos e morreram.

Agência banc√°ria de Coremas foi explodida na madrugada de quarta-feira

Reprodução / TV Cabo Branco

Fonte: G1/PB

Paraiba de Premios
Anuncie Aqui - Local 03