Custo da construção civil da Paraíba registra a maior alta do país em julho, indica o IBGE

Custo da construção civil da Paraíba registra a maior alta do país em julho, indica o IBGE
Aumento foi de 2,25%, número bem maior do que a média nacional de 0,49% e do que a média nordestina de 0,50%. Taxa média do país se manteve praticamente est√°vel, mas na Paraíba o aumento foi bem maior

Reprodução/NSC TV

O custo médio da constru√ß√£o na Paraíba, por metro quadrado, teve em julho um aumento de 2,25%, de acordo com o Índice Nacional da Constru√ß√£o Civil (Sinapi), divulgado pelo IBGE nesta sexta-feira (7). A varia√ß√£o representa a maior alta do país e ficou bem acima das observadas na média do Brasil (0,49%) e do Nordeste (0,50%).

Com o aumento, o custo médio, que era de R$ 1.122,64 em junho, passou para R$ 1.147,89 no último mês. O valor permaneceu como o segundo maior da regi√£o, atr√°s apenas do estado do Maranh√£o, com R$ 1.151,67, além de ter ficado acima da média nordestina (R$ 1.096,97). No cen√°rio nacional – em que também houve alta, de 0,49% – o custo foi de R$ 1.181,41.

Essa varia√ß√£o no montante foi elevada pelo custo da m√£o de obra no estado, que aumentou de R$ 499, no mês anterior, para R$ 527,58, em julho. Por sua vez, a parcela formada pelos materiais, que representa a maior parte do custo, apresentou uma pequena queda nesse intervalo, passando de R$ 623,64 para R$ 620,31.

No acumulado de 12 meses, a Paraíba apresentou, em julho, a sétima maior varia√ß√£o do Brasil, de 4,6%, maior do que a média nacional (3,3%). No Nordeste, regi√£o em que essa varia√ß√£o foi de 3,45%, o percentual paraibano só foi menor do que o observado no estado do Cear√° (5,4%).