UFPB aprova novo calendário suplementar e semestres letivos de 2020 seguem suspensos

UFPB aprova novo calendário suplementar e semestres letivos de 2020 seguem suspensos
Atividades do calendário suplementar não são obrigatórias para os alunos e professores e vão acontecer de forma remota. UFPB aprova segundo calendário suplementar com aulas remotas

Divulgação/UFPB

A Universidade Federal da Paraíba aprovou nesta terça-feira (4) o segundo calendário acadêmico suplementar com aulas remotas para os quatro campi da instituição, durante a pandemia. Serão oferecidos componentes curriculares e extracurriculares, mas a matrícula não será obrigatória. Ainda não há previsão para início dos períodos letivos de 2020.1 e de 2020.2.

O período de matrícula vai se iniciar no dia 17 de agosto, enquanto que as aulas remotas começam em 8 de setembro e se encerraram em 16 de dezembro. As atividades do calendário suplementar não são obrigatórias para alunos e professores.

O calendário foi proposto pela Pró-Reitoria de Graduação e aprovado em reunião virtual do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).

De acordo com a assessoria da UFPB, outros detalhes da medida serão divulgados na próxima quinta-feira (6), quando a resolução será publicada na íntegra pela Secretaria dos Órgãos Deliberativos da Administração Superior (Sods).