Carlos Fábio Ismael e Sheyner Ásfora, candidatos da oposição na sucessão da OAB, dialogaram muito nas últimas horas. No final, as tratativas não avançaram, como se sabe. O que pouca gente sabe é que uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral movida pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) contra o governador Ricardo Coutinho pode ter sido estopim da implosão da união.

E o que uma coisa tem a ver com a outra? A AIJE em que a coligação “Brasil acima de tudo, Deus acima de Todos” acusa o governador de abuso de poder e uso da máquina pública estadual a favor de Fernando Haddad tem a assinatura de um advogado integrante da chapa de Carlos Fábio. Trata-se de Carlisson Figueiredo.

A ação foi impetrada, ontem, no auge dos entendimentos entre as duas chapas. A subscrição de Carlisson criou uma situação embaraçosa para Sheyner Ásfora, que atua na defesa privada do governador Ricardo Coutinho e é apoiado pelo procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro.

A coisa azedou as negociações, que chegaram a avançar.

Contactados pelo Blog, Carlos e Sheyner não quiseram comentar a informação.

Aliados de ambos admitem o mal estar, mas não acham que o episódio teve força de fator determinante para o recuo.

Uma coisa, porém, é certa. Foi uma das pedras no caminho da união da oposição.

Da redação – Heron Cid
redacao@conceicaoverdade.com.br

Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Conceição Verdade, não refletem a opinião deste Portal de Notícias.

Acompanhe mais notícias do Conceição Verdade nas redes sociais:
Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Entre em contato com a redação do Portal Conceição Verdade:
Telefone: (83) 99932-4468
WhatsApp: (83) 98180-8883
E-mail: redacao@conceicaoverdade.com.br