Diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, afirmou nesta sexta-feira, 20, que a investigação sobre o atentado ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), ainda durante a campanha eleitoral, está avançada. “A investigação está bastante avançada, nós acreditamos que ela esteja 90% concluída”, disse Galloro.

No dia 6 de setembro, Adélio Bispo de Oliveira foi preso após esfaquear o então candidato à presidência da República, que fazia campanha no centro de Juiz de Fora, Minas Gerais. Nesta sexta, a Polícia Federal fez buscas no escritório do advogado Zanone Manoel de Oliveira Júnior, que defende Adélio Bispo.

Segundo Galloro, a diligência cumprida agora pela PF é mais uma ação necessária para esclarecer o caso. Sobre o objetivo específico, o diretor da PF afirmou que não poderia se pronunciar, uma vez que a apuração corre em sigilo.

Da redação – ANTV
redacao@conceicaoverdade.com.br

Deixe seu comentário

ATENÇÃO: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Portal Conceição Verdade, não refletem a opinião deste Portal de Notícias.

Acompanhe mais notícias do Conceição Verdade nas redes sociais:
Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Entre em contato com a redação do Portal Conceição Verdade:
Telefone: (83) 99932-4468
WhatsApp: (83) 98180-8883
E-mail: redacao@conceicaoverdade.com.br